Casamento / Casamento Árabe: tudo para se inspirar!

Casamento Árabe: tudo para se inspirar!

Entre as tradições de casamento, o Chá de Cozinha, também conhecido como Chá de Panela, é um dos mais populares, e não é diferente na cultura do casamento árabe.

Essa é uma forma de aquecer os convidados para o Grande Dia, além de ser uma forma para receber itens para montar a casa do casal! 

Assim sendo, em nossa casa francesa, a Villa Valentim, nossa querida noivinha Dunia Jarouche realizou seu Chá de Cozinha com uma decoração floral natural linda, em tons de rosa com verde, repleto de detalhes únicos. Vamos às inspirações?

Sobre o dia

Inicialmente, foi uma tarde incrível, celebrando a aproximação do Grande Dia do casal. Com música animada e uma gastronomia exclusiva, os noivos celebraram esse momento ao lado de pessoas especiais. 

Dessa forma, a cultura árabe é a que mais comemora a celebração, e uma das particularidades mais marcantes do casamento árabe é o fato da celebração ocorrer durante três dias seguidos!

Os mesmos têm o costume de priorizar a amizade, o respeito, a paciência e a intimidade acima de tudo, sendo que a cerimônia de casamento árabe varia de acordo com a religião. Porém, independente da crença, a festa é sempre longa e muito animada

Os três dias de celebração do casamento árabe

Primeiro dia

No primeiro dia de festa ocorre a cerimônia de noivado, que é basicamente a troca de anéis entre os noivos. Nesse mesmo dia, o contrato do casamento é assinado, tornando os noivos oficialmente casados.

Segundo dia

Já no segundo dia acontece o “dia da noiva”. A noiva é preparada para a Nikah (cerimônia oficial) que acontece somente no terceiro dia. Durante essa preparação, são feitas as famosas tatuagens de henna nas mãos e pés, que, segundo a tradição árabe trazem fortuna e felicidade aos casais. Apenas mulheres solteiras podem fazer essas tatuagens.

Terceiro dia

Por fim, chega o momento mais esperado da celebração do casamento árabe: os noivos se unem aos convidados para celebrar o matrimônio! Mas, diferente de todo casamento, na cultura árabe não existe o cortejo de casamento (entrada e saída dos noivos e das outras pessoas que os acompanham no altar).

Além disso, a entrada do noivo é com muita música e festa. Diferente de uma celebração tradicional onde o noivo entra com sua mãe, seguido dos padrinhos, madrinhas e pajens e por último a entrada da noiva acompanhada por seu pai. 

Ou seja, no casamento árabe, os noivos entram sozinhos festejando o momento.

Entrada da Noiva

Já na entrada da noiva, ela chega carregada em um trono suspenso dourado e é aclamada por todos os seus convidados! Enquanto a noiva está passando no trono, os convidados jogam sobre ela muitas rosas.

Então, o casal faz a troca das alianças novamente, acompanhado de uma série de juras e tradições, como a troca de presentes entre as famílias. 

Jóias, jóias, muitas jóias

Além disso, a noiva ganha do noivo muitas jóias que, para eles, são sinônimo de prosperidade e demonstram alegria com o matrimônio. É um verdadeiro acontecimento na vida das famílias e convidados e digno de muita celebração. 

Muitas cores, rituais simbólicos, danças envolventes e verdadeiros banquetes fazem parte desse momento! 

Mas e a saída dos noivos?

A saída dos noivos é inexistente em um casamento árabe, mas como assim? Os noivos costumam ficar aonde a cerimônia foi realizada, e seus amigos e familiares se aproximam, formando uma grande roda em volta dos recém-casados. Nesse momento, os noivos dançam no meio da roda para festejar junto com os convidados, promovendo uma intensa troca de energia. 

Outro fator interessante é que muitos descendentes árabes optam por manter as origens da família e comemorar como manda a tradição, por esse motivo, o casamento árabe é mais requisitado do que se imagina!

O traje dos noivos

 

Sobre o traje dos noivos na cultura árabe, a roupa da noiva é um dos pontos mais importantes. 

Assim, é de costume a noiva usar até sete vestidos durante esses três dias de festa, onde o vestido branco é obrigatório no terceiro e último dia de festa, onde ocorre a cerimônia oficial! Para a cultura do casamento árabe, faz-se obrigatório o uso do branco e do verde em momentos específicos.

Também, embora sejam vestidos discretos e sem decotes, podem apostar em brilhos e muitas joias para complementar o visual.

 

Já a roupa do noivo não precisa ser necessariamente um terno, já que pode ser usado as vestimentas tradicionais da cultura árabe como o tobe (vestimenta branca característica da cultura árabe).

Porém um dos principais itens da vestimenta do noivo é o keffiyeh, uma espécie de lenço quadriculado usado em volta da cabeça, típico da cultura árabe.

A roupa dos convidados

 

Da mesma forma, para a roupa dos convidados, é comum vermos em qualquer festa de casamento, os convidados usando tons neutros de ternos e vestidos.

na cultura árabe, ocorre o contrário: os homens podem usar os ternos de tom neutro, já as mulheres investem em vestidos de cores bem alegres e, se possível, com acessórios dourados, uma característica da cultura.

Muitos doces e zero álcool

 

Você sabia que as bebidas permitidas durante o período de comemoração são apenas chás, água, sucos naturais e refrigerantes locais? 

Dessa forma, existe a teoria de que talvez os doces sejam muito valorizados justamente pela inexistência de bebida alcoólica na comemoração.

Sendo assim, compensa muito adoçar de outra maneira esse Grande Dia, sendo o casamento árabe um dos mais ricos para você se inspirar!

Por fim, nossas casas possuem a estrutura perfeita e uma alta gastronomia para atender os melhores níveis de exigência para o seu casamento perfeito

Agende a sua visita e venha conhecer um cenário encantador para idealizar o seu Grande Dia com qualidade, requinte e muita exclusividade com uma gastronomia indescritível que será lembrada por você e seus convidados para sempre!

Então não perca tempo, e venha se encantar com nossas casas! Esperamos por você!

E aí, o que achou dessa matéria feita com carinho? Até a próxima!

Caroline Soto, Content Creator Tulipas.